terça-feira, 6 de outubro de 2009

Lua

Nos rastros da minha memória
Cabeças rolam, corpos desenrolam
Na luz da lua desliza a seda
Arrepio grande no frio da noite
É rolar os pensamentos agora
Amar o amor verdadeiro
Sentir a recíproca dos meus beijos
Nos seus olhos e seus braços
Seus passos são leves
Sem dó passarão por mim
Mas não pise, na luz da lua
Não pise, ainda temos a noite inteira!

2 comentários:

luisa disse...

Huuuuum, tá namorando AUHAUHAUHAUHAUHAUH


Cada vez melhor...e vê se não perde mais tudo viu? Agradeço ;)

Beeijo*

pauane disse...

Que lindo!
te amo