quinta-feira, 6 de outubro de 2011

somdodia

Sonho com o dia em que deixarei de ser uma promessa e tudo isso que eu almejo, quero e penso demais, seja realmente um fato. Sem ser isso que se quer, que se vê, que se luta. Em minha volta vejo muitos sonhos, poucos fatos. O que acontece, o que pegamos, o que é material... Isso sim é real, é ISSO e não AQUILO QUE PODE SER.
Os desbravadores, aqueles que enfrentam o mal por um bem comum, esses merecem agora o meu MUITO OBRIGADO. Ando lesado em alerta, esse paradoxo é o meu dia.
Caminho entre os montes de lixo, vejo o luxo e não me deixo levar... apenas sonhar.
O sacrifício nosso de cada dia é sorriso de um dos mestres do seu suor lá de cima. Aquele que ordena que faça e que passa a surgir novas coisas é o mesmo que chora de rir quando você pensa ser um pingo do que pode. É um absurdo seguir, mas se não for assim somos atropelados por jamantas desgovernadas que querem um piscar mais longo para alcançar mais um degrau. A mente humana é ridícula a ponto de ser perceptível em meia hora de observação.
Abra a sua gaveta de imaginação e crave seus dentes em um mundo que é seu, seu subconsciente, e crie seus sonhos arquitetando você para todos os afazeres. Veja como é estar as margens e como é ser o todo-poderoso. Esse seu mundo é o que você quer e pode ser.

Bom, me vou agora.
Inté.

Um comentário:

Matheus Viana Machado disse...

Fernando, que pesado isso.
Bastante pertinente seu pensamento, seus anseios, seus sonhos. Bem firme nas suas convicções, mesmo que às vezes agente pensa, PRA QUE TUDO ISSO?
Mas, vale a pena. Valera a pena, quando se olhar pra tras e ver o quao bom foi sonhar, e, que por ter sonhado, você planejou e conseguiu c oncretizar tudo isso. Hoje parece tolice, mas amanha, agraderecemos.

Só te digo isso:

Força sempre meu irmão!!!

--
Theus

-
P.S.: talves eu não tenha realmente comentado o que vc escreveu ou não tenha internpretado direito... mas, tá valendo!